domingo, 13 de dezembro de 2009

Dia 10 de Dezembro, dia Internacional dos Direitos Humanos


Para assinalar o dia Internacional dos Direitos Humanos dia 10 de Dezembro, foi organizado um encontro pela Biblioteca e Serviços de Psicologia e Orientação escolar (SPO) e uma exposição bibliográfica de materiais, sobre esta temática, existentes na BE. O encontro visava sensibilizar os nossos alunos relativamente à Declaração Universal dos Direitos Humanos, que no Mundo em que hoje vivemos parecem um pouco esquecidos. O assunto foi abordado, pelo Dr. Paulo Graça da Associação Existir. Participaram neste encontro duas turmas de 5ºano e uma turma de CEF.
O dia 10 de Dezembro foi proclamado, em 1950, pela Organização das Nações Unidas, "Dia Internacional dos Direitos Humanos", com o objectivo de alertar os governantes de todo o mundo para o cumprimento da Declaração Universal e assegurar a igualdade de todos os cidadãos , o direito a uma vida digna, o direito ao trabalho e à segurança, o direito à saúde e à educação, o respeito pela diversidade e pela dignidade de todas as pessoas. Mas passados quase sessenta anos sobre a publicação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, os direitos mais elementares são desrespeitados e a igualdade é cada vez mais uma miragem para milhões de seres humanos, em todo o mundo.

Feira dos Minerais


Irá decorrer na semana de 15 a 18 de Dezembro uma feira de minerais, à semelhança do ano lectivo transacto. Esta é uma iniciativa do grupo de Ciências a que a BE mais uma vez se associa. Os alunos podem assim observar e adquirir variados tipos de minerais, fósseis e peças decorativas elaboradas a partir de minerais. É uma oportunidade para aqueles que coleccionam amostras de minerais poderem adquirir mais exemplares e a um preço mais acessível.

Visita do 1º ciclo à Biblioteca escolar


No passado dia 7, várias turmas do 1º ciclo do nosso agrupamento, deslocaram-se à EB 2,3 para visitarem a feira de materiais reciclados, no âmbito do projecto Eco-escolas. Quatro turmas, do 1º e do 2º ano, nomeadamente as turmas das professoras: Francisca, Inês Patrão, Telma Guerreiro e Sílvia Bartolomeu, deslocaram-se também à Biblioteca Escolar, onde decorreu uma sessão de leitura. Os alunos participaram colocando inúmeras questões acerca da história que iam ouvindo, especialmente sobre a personagem da história e sobre a quadra festiva que agora se avizinha. A história escolhida foi "A cegonha electricista " um conto de Natal. Esta é uma actividade rotineira para estes alunos que, semanalmente participam na "Hora do Conto", promovida pela professora Bibliotecária do 1º ciclo, do nosso agrupamento. Esperemos que estes alunos, futuramente, continuem com o gosto pela leitura e que também venham a frequentar e a usar a BE assiduamente, tal como já o fazem no 1º ciclo.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Programa Juventude - Cinema - Escola


Dia dois de Dezembro a Biblioteca foi palco para uma sessão de cinema de animação, no âmbito do Programa JCE/Juventude-Cinema-Escola, a que assistiram os alunos da turma C do 6º ano,acompanhados pela professora Maria João Sousa. O Programa JCE/Juventude-Cinema-Escola foi criado, em Setembro de 1997, pela Direcção Regional de Educação do Algarve. Destina-se a promover o contacto das crianças e jovens com o cinema, em todo o Algarve. Para ensinar o cinema de uma maneira sistemática, criou-se a Rede JCE - escolas EB 2/3 (a partir do 5º ano) e de escolas secundárias (a partir do 10º ano). De forma sequencial e a partir de conteúdos vários (história, profissões, linguagem e técnicas) ensinados a partir de filmes, que os alunos vão ver em sala de cinema, promove-se um contacto didáctico dos estudantes algarvios com a 7ª Arte.

Acção de sensibilização


Decorreu no passado dia 25, na nossa Biblioteca uma acção de sensibilização para assinalar a “Semana Europeia de Prevenção e Resíduos” no âmbito do projecto ECO-ESCOLAS de que a nossa escola aderiu, sendo a docente Maria Vitória Moreira a responsável pelo projecto no nosso agrupamento. Nesta sessão participaram as turmas de CEF e ainda uma turma do 7º ano (E).
O Projecto ECO-ESCOLAS é um programa vocacionado para Educação Ambiental e para a

Cidadania. Destina-se às escolas do ensino básico e visa encorajar acções e reconhecer o trabalho desenvolvido pela escola em benefício do ambiente.


O que é uma Eco - Escola?
-É uma escola que olha para o futuro.
-É uma escola que caminha rumo ao desenvolvimento sustentável.
-É uma escola diferente porque respeita o ambiente.


Objectivos de uma Eco - Escola :
-Contribuir para uma melhoria global do ambiente da Escola e da Comunidade.
-Tomar consciência de que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar o ambiente global.

Exposição de Biografias

Esteve patente durante os primeiros quinze dias de Novembro, uma exposição de Bibliografias do fundo documental da nossa Biblioteca. As biografias existentes abrangem várias áreas desde a Política, à Arte, à Ciência e muito mais.






Visita à Feira do livro...







quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Feira do Livro 2009

Dias 23 e 24 de Novembro irá realizar-se na nossa Biblioteca escolar, como já vem sendo hábito, a Feira do Livro 2009. Estarão à venda livros sobre várias temáticas e outros aconselhados pelo Plano Nacional de Leitura. Os nossos alunos também poderão encontrar materiais para preparação dos exames nacionais do 9º ano e das provas de aferição de 6º ano.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

2º Encontro Saúde: Sensibilizar para prevenir problemas Oncológicos

Decorreu em articulação com a nossa Biblioteca, mais um encontro temático organizado pelos serviços de Psicologia e Orientação Escolar (SPO), com o apoio do Clube de Saúde da nossa escola. Desta vez o tema abordado foi “Sensibilizar para prevenir - Cancro”. O assunto foi abordado pela Psicóloga Dr. Maria José Nicolau, pelo médico Dr. Santos Pereira e pela Nutricionista voluntária Dr.Patrícia Robrigues da AOA - Associação Oncológica do Algarve”.
O encontro teve como objectivo dar a conhecer aos nossos alunos, a problemática e prevenção das doenças do foro Oncológico. Participaram neste encontro Alunos do 8º,7º, e 6º anos acompanhados pelos respectivos professores, alguns funcionários, encarregados de educação e outros professores.
A Dr.Maria José começou por explicar os objectivos e actividades desta associação. Informou que se trata de uma instituição sem fins lucrativos, em que as verbas angariadas são investidas na ajuda e apoio social e humano ao doente oncológico, promovendo diligências necessárias à sua não exclusão social da comunidade.
O Dr. Santos Pereira alertou para a problemática do Cancro, começando por explicar os sinais de alerta que podem aparecer no doente. Informou ainda, que esta doença tem probabilidade de 10% ser de origem genética e 90% de factores ambientais de acordo com dados estatísticos. É uma doença para a qual ainda não existe cura definitiva e que a melhor forma de combatê-la é a prevenção.
Por último a Dr. Patrícia Rodrigues falou sobre os hábitos alimentares saudáveis, deixando aos nossos jovens importantes recomendações. Foram colocadas questões que demonstraram algumas das preocupações para com esta problemática por parte de alguns jovens, nomeadamente daqueles que conhecem esta realidade por diversas razões.

domingo, 1 de novembro de 2009

Encontro sobre Saúde Mental


Decorreu, em articulação com a Biblioteca escolar, mais um encontro temático organizado pelos serviços de Psicologia e Orientação Escolar (SPO) com o apoio do Clube de Saúde da nossa escola.O tema tratado foi “Saúde Mental - Perturbações Mentais”.O assunto foi abordado pela Psicóloga Dr. Margarida Trindade, da “UNIR- Associação dos Doentes Mentais, Famílias, Amigos do Algarve”.
Num ambiente de expectativa e curiosidade, o encontro “Saúde Mental” teve como objectivo dar a conhecer aos nossos alunos, a problemática das variadas perturbações mentais. Participaram neste encontro alunos dos CEF, do 8º ano e uma turma de 6ºano acompanhados pelos respectivos professores.Os nossos jovens tiveram oportunidade de conhecer um pouco sobre algumas das perturbações mentais que afectam tantos jovens ainda em idade escolar. Uma das mensagens transmitidas pela Dr. Margarida Trindade foi a de que muitas destas doenças, se forem diagnosticadas cedo, poderão ser tratadas atempadamente. Foram ainda dadas informações sobre algumas das tarefas e serviços prestados pela Associação UNIR. Foi também feito um apelo no sentido de encontrar jovens, que queiram prestar serviço de voluntariado junto desta Instituição, que tem desenvolvido um serviço tão importante à Comunidade e inclusive no apoio a antigos alunos da nossa escola. Foi um encontro muito emotivo, que talvez tenha levado os nossos jovens a encarar a problemática de deficiência de maneira diferente.



domingo, 25 de outubro de 2009

Outubro mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Desde o ano passado que se comemora o Mês Internacional da Biblioteca Escolar por decisão da IASL (International Association of School Librarianship).
Hoje, seja qual for o nome por que são designadas, as Bibliotecas Escolares surgem como recursos básicos do processo educativo, sendo-lhes atribuído papel central em domínios tão importantes como a capacidade de seleccionar informação e actuar criticamente perante a quantidade e diversidade de fundos e suportes que hoje são postos à disposição das pessoas. No mundo em que a informação e o conhecimento científico e tecnológico se produzem a um ritmo acelerado e em que é indispensável formar pessoas capazes de acompanhar a mudança, cabe às escolas e às suas bibliotecas, a função essencial de criar e desenvolver nos alunos competências de informação, contribuindo assim para que os cidadãos se tornem mais conscientes, informados e participantes, e para o desenvolvimento cultural da sociedade no seu conjunto.
Nesta perspectiva, cada biblioteca deverá tornar-se um núcleo da vida da escola, atraente, acolhedor e estimulante, onde os alunos:


-Possam estudar e encontrar com facilidade fontes documentais, se habituem a seleccionar e gerir informação para realizarem actividades curriculares (individualmente ou em grupo, autonomamente ou com apoio docente);

-Adquiram competências e autonomia no domínio da informação escrita, digital e multimédia e produzam documentos em suportes e linguagem diversificadas;

-Ocupar alguns dos seus seus tempos livres .

Neste mês as bibliotecas escolares têm por norma organizar um conjunto de actividades, envolvendo toda a escola e a comunidade em que esta se insere, de modo a torná-las mais conhecidas e a motivar toda a comunidade escolar para a sua utilização.Na nossa Biblioteca o Mês de Outubro ficará assinalado pelas seguintes actividades:


▪ Lançamento do concurso”O Super Leitor” a decorrer até ao mês de Abril;
▪ Formação de Utilizadores, este ano para todos os alunos de 5º ano;
▪Visita itinerante do livro “ O Poder do Sonho” elaborado há anos atrás pelos alunos das escolas do nosso Concelho;
▪ Lançamento do Top Livro e Top leitor, informação mensal a toda a comunidade escolar.




Este ano a Formação de Utilizadores foi dirigida especialmente aos novos alunos, abrangendo todas as turmas de 5º ano de escolaridade. Foram realizadas duas sessões, na primeira os alunos, questionados sobre o papel da Biblioteca escolar, foram dando a sua opinião. De seguida foi-lhes explicado o funcionamento da Be, a existência de vários espaços, a forma como o fundo documental está organizado de acordo com a CDU (Classificação Decimal Universal), a existência do Blog e do Catálogo da nossa biblioteca. Puderam também aperceber-se que este local, além de ser um local privilegiado de trabalho, também poderá ser um espaço de lazer, tendo à sua disposição filmes e revistas adequadas à sua faixa etária. Na segunda sessão os alunos colocaram em prática o que ouviram na primeira sessão, através de um questionário e onde tiveram que seguir as instruções dadas, como por exemplo procurarem determinado livro ou autor, ou ainda como encontrar informação sobre Loulé. Tentou-se explicar-lhes a complementaridade entre o livro e as informações obtidas via Net.








Uma visita especial




No passado dia 23 recebemos uma visita muito especial. Os alunos do 5º E puderam conhecer ao vivo o livro gigante “O poder do Sonho” elaborado pelos alunos de todas a escolas do nosso Concelho há alguns anos atrás. A responsável pelos serviços da Biblioteca Municipal, D.Regina, leu aos nossos alunos a história que foi escrita neste livro, dando a conhecer a página elaborada pelos alunos da nossa escola. O longo da sessão, os nossos alunos foram colocando várias questões curiosos, acerca da história do livro.



Leitura da História " O Poder do Sonho"




A Turma do 5º E

domingo, 4 de outubro de 2009

Início das comemorações do centenário da República
















Encontro “A implantação da República em Loulé”

Foram quatro turmas, duas do 9º e duas do 6º ano, que puderam assistir a este Encontro sobre a Implantação da 1º República. O nosso convidado o Eng Luis Guerreiro, tentou chamar à atenção para esta temática e relacioná-la com o meio local, trouxe informações muito interessantes, para que os nossos alunos ficassem com a noção de que este período foi vivido de forma intensa, também aqui em Loulé. No decorrer da sua intervenção e de forma a demonstrar que a História por vezes também é divertida, o Eng.Luis Guerreiro apresentou alguns factos interessantes e até divertidos, ocorridos nesta época em Loulé e que demonstram que antes da Revolução do 5 de Outubro já o Republicanismo tinha bastantes seguidores entre os Louletanos.



















Comemorações do Centenário da República
Notícia produzida pelos alunos da turma 6ºD
No dia 2 de Outubro de 2009, na Escola Básica 2.3 Padre João Coelho Cabanita, na biblioteca, ao alunos das turmas 6ºD e 6ºE foram ouvir o Engenheiro Luís Guerreiro falar sobre a Implantação da República, em Loulé.
Quando chegámos, a palestra estava quase a começar, sentámo-nos e começámos a ouvir o senhor Luís Guerreiro. O senhor começou a falar sobre a nossa cidade, durante a implantação da República e, simultaneamente, íamos observando imagens, projectadas na parede, sobre da vila de Loulé, naquela época (início do século XX).
Com a explicação do convidado, descobrimos que a cidade de Loulé era uma pequena vila, no meio Algarve, onde os meios de transporte para deslocação à capital eram escassos e morosos. Os louletanos raramente iam à capital e quando o faziam usavam o comboio ou o barco; para se deslocarem até à estação de Loulé havia um trem, puxado por animais. Mesmo com dificuldades de comunicação, muitos habitantes de Loulé eram apoiantes da República.
Nessa época, eram publicados em Loulé dois jornais, um que era “O Povo Algarvio” e o outro “Notícias de Loulé”. Muitas vezes, este meio de comunicação era utilizado para as pessoas influentes se provocarem umas às outras.
Com a morte de D. Carlos e o seu filho mais velho, foi mais fácil implantar a República. Loulé, a partir da implantação da República, teve como Presidente da Câmara José da Costa Ascensão. Algumas pessoas não ficaram contentes com isso, mas não puderam fazer nada contra, e foi assim que os padres, nobres e as outras pessoas privilegiadas passaram a ser iguais aos outros cidadãos.
Nós gostámos de participar nesta actividade, promovida pela biblioteca da escola, sobretudo porque ficámos a conhecer mais alguns aspectos do passado histórico da cidade onde vivemos.
Notícia produzida na disciplina de Língua Portuguesa (seleccionada pela turma).
Trabalho realizado pela turma 6ºD, por: Carlos, nº 4; Cindy, nº5; Francisco, nº9; Ruben, nº 18


Semana da Música


Os alunos puderam observar alguns instrumentos musicais de uma orquestra em miniatura.





Alguns dos livros que a nossa Be dispõe relativos à temática da Música






Foi uma semana divertida!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

COMEMORAÇÃO DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA



Comemora-se em 5 de Outubro de 2010 o primeiro centenário da implantação da República em Portugal. O Ministério da Educação através do Plano Nacional Leitura, da Rede de Bibliotecas Escolares, da Direcção-Geral da Inovação e Desenvolvimento Curricular, e da Secretaria-Geral em articulação com a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República propôs a todos os agrupamentos e escolas que, durante o ano lectivo 2009-2010, se envolvem-se nestas comemorações.
A proclamação da República constituiu um momento importante da história nacional, tendo marcado profundamente a sociedade, as instituições e a cultura em Portugal, mas sobretudo a forma de relacionamento do Estado com os seus cidadãos, permitindo afirmar, em novas condições, os valores da dignidade da pessoa humana, da liberdade, da igualdade e da justiça,
Trata-se ainda de uma oportunidade para aprofundar com os nossos alunos os valores e o ideário republicanos, em especial no que diz respeito à participação social e política e à promoção do progresso social, económico e cultural de Portugal.

Nas escolas:

Ao longo das Comemorações do Centenário, o tema da República deve ser um tema forte nas escolas, promovendo-se a sua criatividade e o seu dinamismo, quer no âmbito da disciplina de História, quer em projectos extracurriculares de carácter cultural e recreativo.

Na nossa escola:

As comemorações do Centenário da República irão iniciar-se na Biblioteca Escolar já dia 2 de Outubro, com o encontro “A implantação da República em Loulé” pelo Eng. Luís Guerreiro, no qual participarão alunos do 6º ano e do 9º ano.

Mais informações:

http://www.centenariorepublica.pt/image-galleries/galeria-multim%C3%A9dia
Sítio dos miúdos da Porto Editora
http://sitiodosmiudos.kids.sapo.pt/Parlamento/
http://www.museu.presidencia.pt/educa_oficinas_detail.php?id=483
Um Museu em Movimento ... A Caminho da Cidadania
http://www.museu.presidencia.pt/educa_projectos_detail.php?id=503

Semana da Música 28 de Setembro a 2 de Outubro


DIA MUNDIAL da MÚSICA
1 de OUTUBRO

O Dia Mundial da Música foi instituído em 1975 pelo International Music Council, uma organização não governamental fundada em 1948 sob a égide da UNESCO, para promover os valores da paz e amizade por intermédio da música. É uma celebração que envolve de um sentido especial, já que a denominada «arte dos sons» faz parte, desde há milénios, do Universo do Homem, que nela encontra a plena expressão de alguns dos seus mais belos ideais e dos seus sonhos e anseios, constituindo um verdadeiro legado e património cultural da humanidade.
"Porque a Música penetra mais fundo na alma humana."como disse Platão, a poesia dos sons embala-nos desde o berço, seja por caixas de música electrónicas, ou pela voz emocionada de mães e avós. Muito antes de os homens organizarem os sons, os sons organizaram os homens, neste dia não deixes de ouvir um tema musical que te seja particularmente querido. Mas não o faças colocando o CD e vendo televisão ou jogando no computador. Senta-te só para ouvir. E se tiveres coragem, o melhor mesmo, é cantares uma canção para ti ou para quem estiver mais próximo.



quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Ler + para Vencer


No âmbito do projecto do PNL “Um novo livro para cada novo leitor “, o início do ano lectivo ficou assinalado pela oferta de livros aos alunos do 5ºano.A cerimónia decorreu no espaço da nossa biblioteca, estiveram presentes os alunos de 5º ano, respectivos directores de turma e encarregados de educação. Com esta oferta pretendeu-se que a mudança de ciclo dos alunos ficasse associado à leitura e ao prazer da leitura. A selecção dos livros incidiu sobre livros recomendados pelo PNL para este nível etário. Desta forma os alunos também se familiarizaram com o espaço da Biblioteca e dos recursos que aqui poderão encontrar.

Projecto Ler+, agir contra a Gripe

Através do Projecto “LER+,agir contra a gripe” a Rede de Bibliotecas Escolares ( RBE) e o Plano Nacional de Leitura associam-se à luta contra a Gripe A, fornecendo informações e disponibilizando materiais e recursos em vários suportes com o objectivo de apoiar as actividades a realizar pela biblioteca, pelos professores e pelos alunos na escola ou no domicílio.
No espaço da nossa biblioteca poderás encontrar uma selecção de livros sobre promoção da saúde, materiais que te poderão ajudar nas actividades relacionadas com a Gripe A, na vitrina à entrada poderás ler informação geral sobre saúde, em especial sobre esta temática, poderás consultar ainda alguns links de interesse onde obterás mais informações :



Ano lectivo 2009/10



Bem vindos à Biblioteca Escolar

A equipa da Biblioteca deseja um bom ano escolar a toda a Comunidade Educativa.



Hino da Leitura


Vou fazer o tempo voar,
Enquanto livros vou ler,
Divertido vou ficar
E muito enriquecer.

Os anos passam
E eu vou crescer,
Mas um livro especial
Nunca vou esquecer.

Livro que és meu amigo,
Livro que és companhia,
Amigo que vens comigo,
Amigo que me trazes companhia.

Quero mais ler mais
Quero muito ler
Nunca é demais
Mais ler e aprender.

Música: Profª Graça Patacão
Letra: Profª Maria Armanda

Biblioteca EB1 Quinta de S. Gens
Biblioteca EB1 Quatro Caminhos

segunda-feira, 22 de junho de 2009

O Clube dos “Amigos Coloridos”


No último dia de aulas, o espaço da nossa biblioteca foi mais uma vez palco para apresentação de uma pequena peça de teatro de fantoches. O trabalho foi realizado pelo grupo dos “Amigos Coloridos” uma iniciativa da Professora dos Apoios Educativos e da Psicóloga do Serviço de Psicologia e Orientação Escolar, que ao longo do ano desenvolveram um trabalho de grande mérito com um grupo de alunos com necessidades educativas especiais. Por sua iniciativa os alunos convidaram duas turmas do 1º ciclo da EB nº 3 do nosso agrupamento, para assistirem ao teatro de fantoches cujo tema abordava a Amizade e a Diferença.

video

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Sessão de Esclarecimento

Dia 4 de Junho decorreu no espaço da Biblioteca, mais uma Sessão de Esclarecimento para alunos, no âmbito das II Jornadas Pedagógicas Formativas, realizadas neste mês de Junho, pela psicóloga Ana Luísa, que tem vindo a desenvolver um trabalho de orientação profissional com os alunos do 9º ano.
A sessão foi orientada por um representante da escola profissional “Alsud”, que veio falar especificamente sobre os cursos: Técnico de Gestão do Ambiente e Técnico de Arqueologia. Os alunos ouviram as explicações que foram dadas e colocaram algumas questões, nomeadamente sobre as hipóteses de colocação destes técnicos no mercado de trabalho. Este encontro teve como objectivo promover a partilha de experiências e perspectivas profissionais dos nossos jovens, apoiando-os nas suas escolhas.
Esta é já uma preocupação bem visível nestes alunos que começam a pensar no seu futuro.

quarta-feira, 13 de maio de 2009



Teatro: O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá

No âmbito da Animação e Promoção do Livro e da leitura, a Biblioteca Municipal, através dos Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares, proporcionou aos nossos alunos do 8º ano, assistirem à representação da peça “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, baseada na obra do escritor brasileiro Jorge Amado. Esta foi uma das obras lidas pelos nossos alunos do 8º, nas aulas de Língua Portuguesa, mas a versão apresentada pelo grupo de teatro “Teatroarado” foi original, utilizando recursos como sombras chinesas e música do quarteto de Jazz OMG de Aveiro. A peça fala-nos de uma história de amor impossível entre um gato e uma andorinha e o “amor“ é sempre um tema interessante em qualquer idade.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Encontro "VIVER NO INVISÍVEL"

Decorreu na nossa Biblioteca, num ambiente de grande expectativa e curiosidade, o encontro “Viver no Invisível” que teve como objectivo dar a conhecer a problemática da Cegueira e a Linguagem Braille aos nossos alunos. Participaram neste encontro os alunos do 9º B, C, D e E, alunos do Ensino Especial acompanhados pela professora Elsa e três elementos da Associação “Tempus” (que visa o apoio à deficiência, toxicodependência e às crianças em risco).
Os nossos jovens tiveram oportunidade de conhecer um pouco da vida das pessoas com deficiência visual, o seu dia-a-dia, os seus problemas e como os resolvem, através dos testemunhos de dois jovens. Foram colocadas algumas questões por parte dos alunos e dados alguns exemplos de como actuar junto de um cego e de como ajudá-lo. Foi um encontro muito emotivo que talvez tenha levado os nossos jovens a encarar a problemática de deficiência de maneira diferente.
Este encontro foi uma iniciativa do departamento de línguas através da professora Helena Lopes.

Uma das alunas preparava-se para caminhar de olhos vendados

Uma das jovens que deu o seu testemunho

O Clube dos “Amigos Coloridos”